Que trem bonito, os trilhos!

Em 2013 a população foi pega de surpresa com a reforma de trechos da linha férrea. Muitos até sonharam com a volta do trem. Porém, a empresa América Latina Logística (ALL)” responsável pela concessão não foi mais além, alegando que para a reativação da linha férrea deveria haver demanda e celebração de contratos. Mas se o trem não voltou, ficaram os trilhos. E apesar do perigo, há quem se arrisque a andar sob o pontilhão. Nos trilhos, são realizados inúmeros ensaios fotográficos.

Trilhos sobre o viaduto da Avenida Maranhão, reformados em 2013 (Foto = Aida Franco)
Os trilhos cortam a cidade e estão bem visíveis em trechos como na região da Esplanada, onde está sendo construído o loteamento denominado Centro Novo (Foto = Aida Franco)
A antiga estação rodoferroviária faz parte da memória da cidade. É utilizada pelo Provopar e o lado externo é um cenário que leva ao passado. (Foto = Aida Franco)
Trilhos com histórias infinitas (Foto = Aida Franco)

 

Sobre Aida 39 Artigos
Jornalista, com graduação e especialização em Patrimônio Histórico pela UEPG; Guia Especializada pela Embratur; mestre e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC - SP e Técnica em Vestuário pelo CEEP CNE. Experiência em Ensino Superior, assessorias à ONGs, associações de classe e jornal diário. Voluntária em entidades ambientalistas.
error: Conteúdo Protegido