Igrejinha Azul, um pedaço da história local

A Igrejinha Azul é um marco na história de Cianorte. É a primeira igreja construída no início da formação da Cidade, no lugar que hoje está o Santuário Eucarístico Nossa Senhora de Fátima.

1961-62 – Um domingo de sol, de manhã, o povo católico chegando e saindo da nossa igrejinha matriz. Provavelmente uma missa campal no domingo de ramos. Quem viveu, nunca esquece (Foto Akio Sato – Foto Paraná – Colorizado por Eleuterio Langowski – Autorizada a reprodução somente ao Sinaleiro).

 

A Igrejinha Azul, como exemplo do pensamento arrojado dos fundadores da Cidade (Foto = Aida Franco)

O conceito de preservação da memória estava tão incutido nos líderes da época que a Igreja que poderia ter sido transformada em um amontoado de entulhos, após sua demolição deu lugar a uma atitude nobre. Ao em vez de derrubá-la, a mesma teve sua estrutura original transportada para a região denominada Vila Sete e lá, novamente montada.

Hoje o local é denominado Casa da Memória, passou por uma reestruturação e apesar do estrutura modesta é um dos poucos locais públicos com suporte mínimo para abrigar eventos culturais.

Atualmente a frente da igreja foi complementada com uma grade, para minimizar o vandalismo (Foto = Aida Franco)
error: Conteúdo Protegido