Corpus Christi, quando as ruas dão lugar à arte e fé

A procissão de Corpus Christi (Junho) é um evento tradicional em muitas cidades brasileiras. Em Cianorte, o entorno da Igreja Matriz é o local onde são feitas verdadeiras obras de arte, com materiais diversos, que normalmente vão para o lixo.  Está presente na memória de muitos cianortenses o período em que as escolas pediam aos alunos para que guardassem borra de café e cascas de ovos para auxiliar na elaboração dos enfeites. Somado a isso, muita palha de arroz, pó de serra e disposição para enfrentar as frias madrugadas do Noroeste, dão lugar a obras fantásticas.

Os integrantes de diversas comunidades madrugam para iniciar os trabalhos artísticos que vão tomar as ruas por onde é realizada a procissão (Fotos – Com. Palavra Viva)

Desenho que retrata a Igreja Matriz de Cianorte (Foto – Aida Franco)
Cores diversas para representar os inúmeros símbolos católicos (Foto – Aida Franco)

 

As imagens como modo de evangelização (Foto – Com. Palavra Viva)

Em 2014, os belos desenhos também foram adornados com materiais alimentícios e cobertores, posteriormente doados às famílias necessitadas, conforme as fotos registradas pela Comunidade Palavra Viva.

Findada a procissão, é hora de juntar todo o material. Até o próximo ano. (Fotos – Com. Palavra Viva; Aida Franco)

 

error: Conteúdo Protegido